Diabetes Tipo 2

A Diabetes tipo 2 (DM2) é o tipo mais comum de Diabetes, representando cerca de 90% dos casos.  

Na Diabetes tipo 2 existe um défice de insulina, ou seja, o pâncreas não produz insulina suficiente e/ou há resistência à insulina, o que significa que, o organismo não consegue utilizar eficazmente a insulina produzida sendo necessário uma maior quantidade de insulina para a mesma quantidade de glicose no sangue. 

 

A DM2 ocorre normalmente a partir dos 40 anos de idade - embora comecem a surgir cada vez mais casos em crianças - e tem como principais fatores de risco a obesidade, o sedentarismo e a predisposição genética. Apesar dos sintomas já referidos anteriormente, frequentemente, este tipo de Diabetes é assintomática, ou seja, passa despercebida por vários anos, sendo o diagnóstico feito só quando surgem complicações associadas ou, através de um resultado anormal dos valores de glicose nas análises clínicas ao sangue e/ou urina.

 

A Diabetes Tipo 2 ao contrário da Tipo 1 pode ser prevenida através do controlo dos factores de risco modificáveis. O seu tratamento passa pela dieta, actividade física e o uso de antidiabéticos orais ou injectáveis, não sendo essencial o uso da insulina a não ser que não seja possível controlar a doença pelos meios já mencionados.

Fonte: Sociedade Portuguesa de Diabetes